quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

NEW YEAR



Já diziam os mais velhos: Ano novo, vida nova! Será mesmo?
Acho muito interessante essa coisa de ano novo, as pessoas ficam todas esperançosas, cheias de planos...Mas afinal, o ano novo é uma criação do homem! É apenas um rito de passagem que serve para nos localizarmos no tempo. Porém como todo o rito de passagem há um gostinho de expectativa.
O “ano novo” para o judeus, por exemplo, é comemorado com o jejum (enquanto no Brasil a gente enche o bucho, haha), mas não é só isso que é diferente, os judeus estão no ano de 5.769!!!!

Seja com a tradição que for, pouca coisa muda a partir do reveillon. Comigo, por exemplo, quase nada do que eu prometo à meia noite do dia 1º de janeiro eu cumpro: aquele regiminho...
Na verdade, eu acho que na vida, pouca coisa que planejamos saí exatamente como queremos, não há como prever ou fazer promessas.

... Mas pensando bem, eu até gosto do novo ano, parece que as pessoas ficam mais bondosas, cheias de expectativas; pena que dura só um dia.

E vamo pula as sete ondas! Afinal não custa nada tentar!

2 comentários:

Ricardo disse...

eheheheheeh é bem nessas mesmo pular sete ondas comer lentilha e por ai vai e pior que às vezes funciona.

Coringa disse...

Ano Novo! Renovação...
Boa sorte nessa nova fase pra ti Jú!
Paz e bons textos!